Raças de cães com as quais você pode contar para proteção

Se você está procurando o cão certo para protegê-lo, sua família ou sua propriedade, alguns cães nascem com instintos para agir como cães de guarda. Os cães de proteção geralmente têm um forte senso de lealdade para com você e sua família, são altamente alerta e observadores, e agem obedientemente. Um cão de guarda ideal é tipicamente grande, destemido e responsivo ao treinamento.

Aqui estão 9 raças de cães que geralmente servem bem como companheiros e protetores, se você estiver considerando adquirir um cão de guarda.

Akita

Os Akitas são uma das raças de cães mais leais. Criada para guardar a realeza e a nobreza no Japão feudal, esta raça corajosa e alerta é naturalmente desconfiada de estranhos. Os Akitas estarão sempre de olho em você e sua família. Esta raça leva esta tarefa a sério e normalmente cumprirá seu dever de guarda com pouco ou nenhum treinamento. Este cão exigirá treinamento de obediência, ou você pode considerar o treinamento de cães de guarda para afiar suas habilidades. Como com todos os cães, ele exigirá uma socialização adequada para ajudar a evitar impasses ou agressões desnecessárias.

Malinois belga

Intenso e atlético, o Malinois belga é uma raça favorita de unidades policiais e militares K-9 por sua agilidade, capacidade de busca e resgate, e treinabilidade. Este cão tem um alto nível de energia e prospera quando tem um trabalho a realizar. Ele deve receber treinamento especializado e socialização adequada para estar à vontade em situações novas ou desconhecidas. Este cão deve fazer muito exercício todos os dias.

Bullmastiff

Os Gamekeepers inicialmente desenvolveram o fiel e corajoso bullmastiff para proteger seu jogo dos caçadores furtivos. A aparência de bullmastiff desta grande raça pode ser intimidante para os intrusos. Na realidade, este cão é naturalmente afetuoso para com sua família, tornando-o um excelente companheiro. O bullmastiff é um protetor nato que precisa de treinamento estruturado para reforçar seus instintos naturais de guarda.

Cane Corso

O corso de cana (pronunciado “KAH-nay KOR-so”) é uma raça de cão italiana usada historicamente como cão de guarda, cão de guerra e caçador. Seu tamanho grande, construção pesada e casca de árvore de tom profundo ajudam a afastar os invasores. A raça possui um instinto de guarda. Seu treinamento deve se concentrar na obediência e no aperfeiçoamento de suas habilidades naturais.

Pastor Alemão

Similar em aparência e temperamento aos malinóis belgas, o pastor alemão é outra raça intensa e ativa também favorecida como um cão de trabalho policial ou militar. Esta raça demonstra um profundo senso de lealdade para com seus membros da família. Assim como outros cães de proteção, o treinamento é fundamental para manter estes cães focados em ser cães de guarda. Você precisará socializar seu pastor alemão para evitar o medo e o nervosismo. Este cão também precisa de cerca de duas horas de exercício diário.

Doberman Pinscher

Historicamente, o Doberman pinscher tem tido um mau rap como uma raça de cães agressiva. Mas com sua família humana, ele é afetuoso, dócil, e até pateta. A maioria nem sequer hesita com estranhos, a menos que eles sintam perigo. Os Dobermans podem muitas vezes fazer um excelente trabalho de proteção com pouco ou nenhum treinamento formal. Com um programa de treinamento estruturado, você pode aprimorar as habilidades de proteção de seu cão e transformar seu cão em um excelente cão de guarda.

Rhodesian Ridgeback

Historicamente um cão de caça para caça grossa e leões, o Rhodesian ridgeback tem uma lealdade intensa a sua família, o que o torna naturalmente inclinado a proteger. Este cão é uma raça carinhosa e nobre que faz um belo companheiro. Esta raça não precisa de treinamento de cães de guarda; ela aumenta em demasia seus instintos de proteção. Entretanto, o treinamento básico de obediência é essencial para dar estrutura a este cão. Esta raça precisa ser capaz de ouvi-lo e seguir suas ordens.

Rottweiler

Um Rottweiler é outra raça que tem a reputação de ser agressiva. Esta raça pode ser um grande pateta num momento e um defensor intimidante no seguinte. Se um Rottweiler confia em você, o cão provavelmente será leal e afetuoso com você. Os Rottweilers geralmente hesitam com estranhos até que o cão verifique que a pessoa não representa uma ameaça. Este cão pode se tornar um excelente cão de guarda quando adequadamente treinado. Esta raça precisa de socialização, estrutura, e uma tarefa que dirija suas atividades diárias.

Maçarico Tibetano

Um mastim tibetano é o último cão de guarda. Ninguém está passando por este cão gigante, vigilante, poderoso e intimidador. Historicamente, este cão de guarda tibetano protegeu caravanas de pessoas e rebanhos no Himalaia contra lobos e leopardos da neve. Hoje, o mastim tibetano é fácil de se locomover em torno da família, mas tende a desconfiar dos estranhos e pode exibir comportamento territorial se ameaçado por um estranho. Embora não seja a raça mais afetuosa, este é um cão leal que o protegerá e a sua família. Este cão também precisa de estrutura através de treinamento e socialização.